Fëanor Cememmudor "Link"

Alto Elfo Paladino um honrado e vingativo forasteiro. Precativo, xereta e diplomático é garoto propaganda da causa "Salvem os Urso-Corujas"

Description:

AnyMath.bmp
Half.bmp
psych.bmp
markitzero.bmp
SolenySwear.bmp

Bio:

Cememmudor vem da tradicional casa éifica de artesãos de Fëanor, Concebido da união de seu pai Kemmotar e sua mãe Númenessë. Foi criado na extinta e longinqua cidadela de Eglath onde foi treinado por seu pai nas artes de combates élficas e na maestria da forjaria de armas e armaduras, obteve conhecimentos Magicos e artisticos ensinados por sua mãe. Se destacou durante seus treinamentos especialmente na arte do manuseio do Arco, foi convocado muito cedo a participar das incursões com os mestres combatentes elficos da cidadela para que pudessem desbravar uma nova e tranquila região para seu povo, pois o entorno de Eglath se infestava de Orcs.Um dia retornando de uma expedição, pode avistar fumaça ao entorno da região da cidadela e ao chegar em Eglath vislumbrou um cenário de destruição e morte, imediatamente após a chegada dos combatentes exploradores avistou algo que ficou gravado em sua memória, Um general Orc de 3 metros carregando as cabeças de seus pais presas em seu cinturão, Movido pela dor imediatamente sacou seu arco e desferiu um tiro no olho direito do Orc e logo correu em direção a ele com sua cimitarra ignorando o apelo desesperado de seus companheiros. Portanto foi surpreendido pois enquanto partia para cima do general o portão principal da cidadela desabou em cima de seu corpo, fazendo com que ficasse soterrado. Após acordar ofegante crendo que suas lembranças não passavam apenas de pensamentos ruins durante um breve repouso, Olhou ao redor e percebeu que o local onde estava não era nada similar com sua antiga casa. Ao abrir a porta foi recepcionado por um sábio ancião que lhe disse: “Ah, a muito esperavamos pelo seu despertar pensamos que jamais iria acordar, vamos vou levar-lhe ao mestre”. Confuso Cememmudor acompanhou o ancião enquanto tentava reconhecer algum traço do local onde estava, ao chegar em uma sala que mais se parecia com uma biblioteca o ancião fechou as portas e uma voz se propagou pelo local: “Enfim, eu ja havia perdido as esperanças de conhecer-lo em vida, Meu nome é Talion e eu o resgatei a 50 anos. Sou o comandante da ordem dos paladinos Luz Emanadora, seja bem vindo.” Talion relatou a Cememmudor que foi encontrado durante uma perseguição a Demônios que habitavam o vilarejo da morte, a antiga cidadela de Eglath. Talion propos a Cememmudor permanecer na ordem e o ensinar as artes de batalha e conhecimento dos paladinos, Cemmenudor aceitou sua proposta e permaneceu recluso a ordem com o propósito de ganhar força e conhecimento, durante seu treinamento conheceu um Meio-Orc chamado Allucard que logo despertou seu sentimento de fúria pois o fez recordar de seu passado, porém Talion o ensinou a superar seus sentimentos e o mostrou que nem todas criaturas independente de sua raça são maléficas.
Cememmudor foi apelidado de Link por Allucard e ao decorrer dos anos os dois se tornaram bons amigos. Após a morte de Talion, Allucard se tornou Comandante da Ordem e Link decidiu partir em sua jornada em busca de mais conhecimento e predestinado a encontrar os responsáveis pela devastação de sua antiga casa, vagou pelo mundo sozinho conheceu cidades, aprendeu a sobreviver por sua conta porém sempre com o pensamento e lembranças de sua terra natal e dos ensinamentos de Talion

Fëanor Cememmudor "Link"

Vale dos Reis andrebasetto andrebasetto